domingo, 15 de maio de 2011

Novo Código Florestal Brasileiro

Oiee,boa noite!!Domingo tranquiloo...

Quem não ouviu falar o novo e polêmico código florestal Brasileiro,o senado está em alvoroço para aprovação da nova lei que foi marcada e remarcada diversas vezes.

O Código Florestal Brasileiro foi criado em 1934, pelo Ministério da Agricultura e a Câmara dos Deputados criou, em 2009 uma Comissão especial para propor a revisão do documento. A nova lei ainda está em vigor e a votação vai aconteçer em breve no Congresso Nacional,mas as propostas de mudanças têm causado discussões em alguns pontos ,como alteração nas áreas de preservação permanente (APPs) eredução das áreas de reserva legal em propriedade rurais (área de mata nativa dentro de uma propriedade rural).

Em tempos que se fala em preservação e sustentabilidade somos presenteado pelos politicos incompetentes lá no senado com inovação nada agradavél para os brasileiros.
Você sabe o que rege a nova lei? Entre os principais ABSURDOS da proposta de Lei formulada por representantes da Confederação Nacional da Agricultura, entidade que defende os interesses dos ruralistas, estão
- Anistia geral aos desmatadores de Reservas Legais e Áreas de Preservação Permanente;
- Redução da área da Reserva Legal no Cerrado de 50% para 20%;
- Redução da área de Reserva Legal da Amazônia de 80% para 50%;
- Reflorestamentos de eucaliptos ou de pinus (que são espécies exóticas!) e ainda plantios de eucalipto, manga, côco, limão ou outras culturas, por exemplo, poderão ser consideradas como Reserva Legal, ou seja, recebem “status” de vegetação nativa.

- O projeto permite ainda que florestas nativas sejam absurdamente convertidas em lavouras nas propriedades mais produtivas, sem qualquer licença das autoridades ambientais e a exploração econômica de florestas e outras formas de vegetação nas áreas de preservação permanente (margens de rios, lagos e reservatórios, áreas de encosta e topos de morros). Admite, também, que se usem florestas de preservação permanente para realização de construções, abertura de estradas, canais de derivação de água e ainda atividades de mineração e garimpo.

Revolte-se, isso é um absurdo. Uma lei que seria para preservação, tem o objetivo de beneficiar os capitalistas, os ruralistas e os competentes politicos leva isso em votação.
Você concorda?? qual a sua opinião??

Um comentário:

Effy disse...

Aff..To revoltada..de fazer umalei que melhore as coisas nãoo..vai melhorar para os safados dos capitalistas, que só querem explorar..Os EUA já ta doido pra tomar a Amazônia e os Otários ainda querem ajudar ...diminuir!!

Essas coisas com meio ambiente eu fico revoltada!!

Ótimo post Lene..assim que puder eu vou postar tbm!